0011 - Oh My God - Mark Ronson feat. Lily Allen [2007]

Eu sempre ouço com muita cautela as novas bandas que surgem no cenário britânico, onde o hype é imenso e a imprensa parece eleger os novos Beatles a cada hora. Algumas vezes acabo nem ouvindo, mesmo que muitas pessoas fiquem falando: ouve é bom, é legal, você vai ver, é o novo Oasis. De fato, muitas coisas são ruins mesmo. Mas outras são boas, conseguem um certo sucesso e logo desaparecem; são bandas que eu classifico como sendo "fogo de palha". A primeira rajada de ar mais forte se apagam e desaparecem. Desta nova safra, eu achava que os Kaiser Chiefs se encontravam nessa classificação.

Antes de tudo, uma coisa precisa ser dita: Employment, o álbum de estréia desses rapazes Leeds, é um dos melhores álbuns de rock desta década. É dançante. É energético. É praticamente impossível não se empolgar com faixas como I Predict A Riot, Everyday I Love You Less And Less ou Oh My God...


Já o segundo álbum do Kaiser Chiefs, Yours Truly Angry Mob só empolgou mesmo o público com a faixa Ruby (particularmente não considero este álbum tão ruim assim como a mídia especializada costuma comentar). Com o fracasso total desse álbum cheguei a pensar mesmo que a profecia do fogo de palha se concretizaria para a banda.

Entretanto esta estória conta com um "salvador". O DJ e produtor inglês Mark Ronson é um cara antenado. Em 2006, além de antenado, ele estava abençoado; Mark ajudou a produzir os discos Back To Black da Amy Winehouse e Alright, Still da Lily Allen. E foram graças a estes trabalhos e outros, que o rapaz ganhou quase todos os prêmios que a indústria fonográfica pode oferecer a um produtor. Nesta mesma fase de grande inspiração, Mark resolveu gravar seu segundo álbum, entitulado Versions, só contendo covers de canções conhecidas do mundo do pop rock britânico. Artistas como Amy Winehouse, Robbie Williams, Santogold, entre outros, participaram do disco. E é dele a releitura mais ska, mais R&B, meio hip-hop de Oh My God dos Kaiser Chiefs na voz de Lily Allen.


O resultado disso levou o Kaiser Chiefs a chamar rapidamente Mark para exorcisar a banda. Com isso, Mark conseguiu dar uma sobrevida à banda e contribuiu na produção do seu terceiro álbum em 2008 (entitulado Off With Their Heads). Assim, a profecia não aconteceu e os Kaiser Chiefs continuam por aí, "employed", vivos e na batalha.

Persiolino

4 comentários:

  1. Acho que sou um dos poucos que acha o Kaiser Chiefs uma das bandas mais interessantes da década. "Off With Their Heads" pra mim é um dos melhores álbuns do ano passado.

    Mas esse cover é daqueles que acertam em cheio. Uma boa canção, reincorpada por um bom produtor, e interpretada por uma boa cantora (em ambos os sentidos rs).

    ResponderExcluir
  2. eu gosto muuuuuito desse álbum do ronson, se não estivesse nem dvd - pq meu pc "faliu" eu continuaria a ouví-lo toda hora! rs

    ResponderExcluir
  3. Nossa, nem imaginava que essa música era do KC. Acabei me tornando fã deles só do "Truly Yours..." pra frente (justamente o "álbum ruim", mas eu gostei dele e mais ainda do "Off With Their Heads"...)

    ResponderExcluir
  4. Oh My God, I can't believe it! A Lily Allen manda muito mal ao vivo! Não deu nem para eu concordar que é tão boa quanto a original.

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!