Cover Records - 5 Discos de Covers de 2009


Além de boas covers, em 2009 tivemos também ótimos discos só contendo versões, seja em formato de tributo, seja coletânea de músicas dos mais variados artistas. Então, separamos aqui 5 ótimos trabalhos.
Yim Yames - Tribute To

Yim Yames é o pseudônimo de Jim James, líder da banda americana de alt-country My Morning Jacket. Logo após a morte do eterno guitarrista dos Beatles, George Harisson, Jim resolveu homenageá-lo com o que ele sabe fazer de melhor: tocando sua guitarra acústica e colocando sua bela voz para dar sua própria interpretação para as composições de George. Dessa homenagem acabou nascendo o EP Tribute To com 6 músicas de Harrison, entre elas uma versão mais sombria de Sir Frank Crisp (Let It Roll) e uma interpretação mais lenta e harmoniosa de All Things Must Pass.
(MySpace Yim Yames)


The Lemonheads - Varshons

Será Evan Dando uma espécie de “Emerson Nogueira Indie”? Ou será Emerson Nogueira um “Evan Dando Pop”? Prefiro esquecer-me dessas afirmações e lembrar que, este rapaz de Boston, já produziu (e continua a produzir) pérolas do rock alternativo americano. É um erro pensar que Dando só sabe fazer covers. E é um erro ainda maior nos esquecermos de hits como It’s A Shame About Ray, Confetti ou If I Could Talk I'd Tell You. Tá certo, ele parece ter tino mesmo para escolher e dar sua própria interpretação para músicas de outros artistas. Em Varshons, Dando comprova esta habilidade e nos presenteia com uma deliciosa cover de Dandelion Seeds da banda psicodélica July e uma versão mais folk rock para Fragile, clássico da banda punk inglesa Wire.
(MySpace Lemonheads)

Phosphorescent - Willie ToMatthew Houck, mais conhecido no meio artístico como Phosphorecent decidiu fazer uma homenagem para um ícone, ainda vivo, do country norte-americano, Willie Nelson. Em Willie To, Phosphorescent deixou pra trás sucessos óbvios como Always On My Mind e Hello Walls e deu sua própria versão para músicas menos conhecidas do repertório de Nelson. Mesmo não sendo fã do country, não se reprima: Phosphorecent está mais próximo da sonoridade de artistas como Wilco e The Pernice Brothers do que propriamente do country-norte-americano-estilo-"Garth Brooks". Vale a pena conferir as covers Permanently Lonely e Can I Sleep In Your Arms com uma roupagem mais harmoniosa, privilegiando o violão e a destreza vocal de Houck.
(MySpace Phosphorescent)

Nouvelle Vague - 3

3, o mais novo disco do Nouvelle Vague, idealizado pelos produtores franceses Marc Collin e Olivier Libaux, repete a mesma fórmula dos trabalhos anteriores, mas sem se tornar repetitivo ou chato; continuar a fazer covers de sucessos do punk e da new wave oitentista carregando arranjos acústicos em detrimento da mistura bossa nova com música eletrônica empregada em trabalhos anteriores. Desta vez, músicas do Police (So Lonely) e Sex Pistols (God Save The Queen) ganharam versões mais “inocentes” interpretadas por vocais femininos, subvertendo toda a fúria e agitação das versões originais.
(MySpace Nouvelle Vague)

Vários Artistas - War Child: Heroes

Heroes é o título do último projeto musical da ONG inglesa War Child Internationational, que auxilia crianças vítimas das guerras espalhadas por esse mundo. Desta vez, a idéia básica para produzir este álbum especial foi chamar grandes medalhões do rock como Paul McCartney, David Bowie, Bruce Springsteen, Bob Dylan entre outros, para indicarem os artistas as músicas de seus repetórios que eles deveriam interpretar. O resultado desta idéia rendeu um excelente disco. Um dos destaques deste disco é a versão de Lily Allen para Straight to Hell (clássico do Clash, com a participação do próprio Mick Jones no backing vocal), que foi transformada numa versão R&B eletrônica, mais agitada e animada.
(War Child - Heroes album)

Persiolino

4 comentários:

  1. Eu tenho esse album do Nouvelle Vague e recomendo várias vezes! A participação do Ian Mcculoch para a cover de All My Colours do Echo está simplesmente perfeita! Destaque também para Master and Servant do Depeche e a "alegrinha! Blister in the Sun do Violent Femmes! Belo post, Persiolino!

    ResponderExcluir
  2. Boas dicas Pérsio.

    E eu quero ouvir essa cover da Lily e a versão feminina de "God Save The Queen", sem falta.

    ResponderExcluir
  3. Preciso ouvir do Nouvelle Vague...
    O Heroes é sensacional... difícil escolher cover melhor.
    Até fiz o TOP5 melhores covers deste disco lá no Receituário!

    ResponderExcluir
  4. Oi Muito interessante seu blog ^^

    Gostei, aproveite e veja o meu também: emailpirata.blogspot.com

    Abraços!!!

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!