0077 - Shadowplay - The Killers [2007]

Como Mr. Brandon Flowers e cia. estarão tocando aqui amanhã, nada melhor do que um "esquenta The Killers" com um dos meus covers favoritos! Bem, a ideia do esquenta foi da Garota no Hall que sabe que sou fã da banda e falou por que não fazer um post aqui? Pois bem! Aqui está!

Shadowplay está no álbum Sawdust de 2007. O Persiolino já comentou aqui sobre esse cd: tem covers, b-sides e raridades do Killers.

A faixa é originalmente da banda inglesa Joy Division (que eu também gosto bastante, mas não terei a oportunidade nunca de vê-los ao vivo - na formação original, claro). A música foi lançada no primeiro disco da banda, Unknown Pleasures, de 1979.

Assistam abaixo essa raridade que encontrei no Youtube, uma das primeiras apresentações do Joy Divison numa tv local do Norte da Inglaterra - Granada Television - em que eles cantam exatamente Shadowplay, em 1978, antes de sair o primeiro disco da banda.


A música voltou à tona com a gravação do Killers que faz parte da trilha sonora de Control (2007) filme dirigido por Anton Corbijn (que dirigiu boa parte dos meus clipes favoritos), é uma "cinebiografia" da vida de Ian Curtis, mostra seus problemas comportamentais e sua epilepsia, sua primeira namora e depois esposa, e o caso que teve com uma jornalista e groupie belga.

Como vocês sabem, Ian acaba por se suicidar por não saber conviver bem com sua doença e nem com o fato de sua mulher o abandoná-lo - ela cansou da traição dele.

Eu e Garota no Hall imortalizamos o que pensamos sobre esse assunto. Desculpa se você discorda! Mas já conheci indecisos sacanas demais pro meu gosto rs. Por isso Ian Curtis é o meu ídolo, ele fez o que todos deveriam fazer rs. Frustrações amorosas à parte, voltemos.

Quando assisti ao filme e ouvi a música, na hora pensei em Killers, esperei os créditos finais só pra ver se era mesmo eles que tinham feito a nova versão e acertei!


Ouvindo as duas versões dá para perceber que a do Killers ficou mais "alegrinha", a do Joy Division é como se espera que seja com Joy Division: sombria, parecendo um "marcha soldado" a bateria, tudo aquilo que marcou a banda, um som mais "claustrofóbico, o que nomearam como pós-punk e logo teve a vertente gótica e que tais...

O Killers deu uma roupagem anos 2000, com seu "uhu-uhu-uhu" durante a música... a transformou que é a grande vantagem dessa cover. Eu considero que cover boa é aquela que a banda que dá a nova roupagem tem que fazer algo novo, tem que homenagear com muita criatividade a banda original.

Foi o que o Killers fez e espero ouvir essa lá amanhã - apesar de já ter ouvido eles tocando essa no último show deles em 2007 em Buenos Aires no Yeah Festival (que teve também show do Travis que merece qualquer hora um post meu) é sempre bom ouvir uma cover inspirada, ainda mais ao vivo!!

Menina Enciclopédia

5 comentários:

  1. Sobre a cover dos Killers: é ótima!

    Sobre os comentários a respeito da atitude do Ian - eu acho que bastava ele não ser sacana e ter uma amante. Talvez eu seja o homem mais idiota deste planeta, mas acredito na seguinte máxima: quem verdadeiramente ama alguém, não trai, não é traído e não precisa se matar. Se Ian ficou indeciso e covarde em tomar uma atitude a respeito de seus relacionamentos foi porque não amava genuinamente sua esposa da época. Porque casar-se com alguém que você vai uma hora ou outra vc irá trair? Pra se matar depois? Pra destruir uma família? Pra destruir sua própria vida e a vida de outras pessoas?

    Se você ama mesmo alguém e é casado com este alguém não irá se envolver com outra pessoa de forma profunda...

    Enfim...é o que penso...

    ResponderExcluir
  2. Le contrôle est l'un des meilleurs Biopic que je vois. Je le conseille a tout le monde. Tres Fidèle à la vie de Ian Curtis.
    Par contre, le couvercle des Killers est très moyen.
    ILS ONT aussi revisité Hôtel version Californie salsa avec RDM. http://www.youtube.com/watch?v=-ClgUTjlKWY
    Bon week end.

    ResponderExcluir
  3. Aplausos para o comentário do Persiolino! Clap, clap, clap, clap!
    Quanto ao cover, é bom sim, apesar de eu ser meio avessa ao Killers.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, Persiolino!
    Estão faltando homens como você no mundo! o resto pode se matar rs
    beijos!

    ResponderExcluir
  5. À parte a polêmica sobre Ian Curtis, eu gosto bem mais da versão do Killers. Sei lá, já tentei, mas não consigo digerir tanta "depressão" nas músicas do Joy Division (#prontofalei).

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!