0097 - It’s A Long Way To The Top (If You Wanna Rock’n’Roll) - Billy Corgan [2005]

Em 2009 tive a sensação de que tudo passou muito rápido. Não sei se porque estou mais velho e mais atribulado com as coisas ou porque a vida no geral está mais rápida. É tanta informação e tantos acontecimentos ao mesmo tempo, que, ao menos para mim, o pouco tempo que me sobra serve para dormir e acordar novamente (e quem sabe postar algo aqui no blog).

E por falar em acontecimentos, foram tantos shows ocorridos no ano passado. De Kiss à Jonas Brothers, passando por Chucho Valdez e Cat Power, nunca antes na história deste país “companheiros” tivemos tantos shows de artistas internacionais que atendessem a uma gama tão diversificada de estilos musicais.

Destes shows, um dos mais aguardados foi o da banda australiana AC/DC. Assitir à Angus Young e companhia no Brasil em 2009 foi um evento raro, similar a passagem do cometa Halley no nosso sistema solar – sabe-se lá quando os caras do AC/DC farão um outro show no Brasil né. Como disse, tudo está muito rápido, e por isso os 65 mil ingressos colocados à venda se esgotaram em menos de 24 horas. Os fãs “rapidinhos” foram recompensados com um show de 2 horas, repleto de luzes, telões de alta definição e clássicos como Back In Black, Highway To Hell e You Shook Me All Night Long.

Infelizmente, apesar de todo o entusiasmo ao saber de tal acontecimento, eu não consegui ir ao show do AC/DC por não ter sido rápido o bastante para garantir o meu ingresso. No compto final nem fiquei tão chateado assim por não ter ido show, pois fiquei sabendo que o atual vocalista da banda, Brian Johnson, não canta ao vivo uma de minhas canções preferidas do AC/DC, It’s A Long Way To The Top (If You Wanna Rock’n’Roll), em respeito ao seu antecessor, Bon Scott.

Se pudéssemos sumarizar o espírito rock’n’roll em duas letras de músicas, uma seria Rock And Roll All Nite do Kiss e a outra com certeza essa canção do AC/DC...


De volta ao cotidiano, na velocidade dos anos 2000, também não deve sobrar muito tempo para os artistas ficarem de bobeira por aí. Nem ao menos passear em qualquer lugar sem ser incomodados por fãs já não é mais possível. Logo um fã pára o artista na rua e já pede uma foto com seu celular. Em seguida ele já posta a foto no seu Flickr e avisa todo mundo pelo Twitter... Ééé meus amigos, é a rapidez da tietagem atual...

Veja só o que aconteceu com o Billy Corgan, vocalista e guitarrista do Smashing Pumpkins numa rua da cidade italiana de Milão. Coitado do Billy; ele foi simpático e mandou muito bem na cover no meio da rua. Os fãs não bombearam e logo colocaram seus gadgets para trabalhar. É o preço de sua fama com a agilidade da internet. Assim está dito no rock: “I tell you folks, It's harder than it looks...”


Não poderia terminar este post sem citar uma das melhores cenas de créditos finais de um filme. Uma bela homenagem a este clássico do AC/DC contida em Escola do Rock (School of Rock) dirigido por Richard Linklater, escrito por Mick White, e estrelado pelo ótimo Jack Black...


Bom, que em 2010 me sobre um pouco mais de tempo para escrever por aqui. Que a velocidade dos fatos não me enlouqueça. Enfim, que haja mais covers de qualidade no mundo. Feliz 2010!

Persiolino

Um comentário:

Comente aqui!!!