Cover Records - Outlandos D'Americas: Tributo ao Police - Vários Artistas [1998]

Cresci ouvindo The Police. Sendo assim, é lógico que é uma das minhas "bandas de cabeceira". Lembro até hoje do meu tio chegando na casa dos meus avós com o cd The Singles - lançado quando a banda resolveu acabar. Ouvi aquele disco até "furar" como diziam...

Na verdade, acompanhei boa parte da carreira de várias bandas assim: ouvindo (por osmose) até furar discos do Pink Floyd, Supertramp, Queen... até Duran Duran, Tears For Fears... Do Queen eu tenho uma lembrança engraçada, mas falarei dela quando falar de Queen, quem sabe? Ou mesmo de ouvir até furar o Gitã do Raul Seixas... minha tia não parava nunca de tocar esse... nem sei se era novo ou velho nos anos 80, só sei que ouvia.

Mas voltando ao Police, quando meu tio comprou um aparelho de CD ele me deu essa coletânea que era dele, entre outros discos. Fiquei tão feliz!!! Aquele disco é meu até hoje e tenho um carinho especial por ele, podem vender meus discos do U2, do Van Halen (quem diria, hein? rs), mas deixem meu The Singles do Police ali, quietinho!

A coletânea Outlandos D'Americas: A Rock En Espanol Tribute To The Police, lançada em 1998, foi planejado por Miles Copeland, irmão de Stewart Copeland (baterista do Police). Um dos produtores do disco foi Andy Summers (guitarrista do Police), tanto Andy como Stewart participaram de algumas faixas.

Baixei, ouvi. Ficou muito famosa aqui no Brasil pela versão do Skank de Wrapped Around Your Finger que virou Estare Prendido En Tus Dedos. Não tem só versões de músicas do trio inglês, tem algumas da fase solo do cantor e baixista Sting. Como no Brasil não temos muito costume de ouvir bandas "latinas" - latinos também somos, né? vou usar o termo "hispano-latinas" (será que isso é correto? Pasquaaaaleeee!!!!) - as outras versões deste cd passaram batido por nós "luso-latinos" rs. Como eu disse, ouvi e baixei, mas não achei assim, tãaaao bom... Talvez porque eu também não tenha costume de ouvir bandas hispânicas, quem sabe? Fica a dica para quem gosta de Police e bandas da nossa querida América que falam sua variação do idioma de Castilha (agora fui longe rs).

Abaixo a tracklist com o nome da versão em espanhol, entre parênteses o nome original da música e finalmente, de quem foi a performance.

1. Traeme La Noche - (Bring On The Night) - Gustavo Cerati/Andy Summers
2. Estare Prendido En Tus Dedos (Wrapped Around Your Finger) - Skank
3. El Mensaje En La Botella (Message In A Bottle) - Ekhymosis
4. El Tiempo Se Va (No Time This Time) - Enrique Bunbury
5. La Cama Es Muy Grande Sin Ti (The Bed's Too Big Without You) - Plastilina Mosh
6. Sera Que Todos Te Acechan? (Does Everyone Stare?) - Saul Hernandez/Stewart Copeland
7. Almas (Spirits In The Material World) - Puya
8. Sol Invisible (Invisible Sun) - Lucybell
9. Todo Lo Que El Hace (Every Little Thing She Does Is Magic) - Soraya
10. En Mi Mochila, (Un Mundo)- (Man In A Suitcase) - Desorden Publico
11. Rolando Por La Luna (Walking On The Moon) - Control Machete
12. Oscuridad (Darkness) - Los Pericos
13. Venezuelan In New York - (Englishman In New York) - King Chango

Menina Enciclopédia

3 comentários:

  1. Poxa, acho a versão do Skank muito boa!!! Rê, vc não acha que esta deveria ir pro Top Covers?

    ResponderExcluir
  2. Ouvi essa coletânea neste final de semana e ela reúne várias coisas que gosto: novos sons, bandas latinas, o rock do Police e versões que não deixam nada a desejar. Procurando algo a respeito encontrei este post. Parabéns pelo blog, gostei!

    ResponderExcluir
  3. The Police é minha banda do coração. Tenho 26 anos, quando nasci a banda já tinha se desfeito mas se eternizou.Bom conhecer gente que aprecia, o Police é a melhor porque foi a bnda mais eclética. Lindos.

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!