0143 - Papa Was A Rolling Stone - Living Colour [2009]

The Tempations lembram o que pra você? My Girl?

Sim, eles cantam essa música que fez sucesso em 1964 e voltou a fazer sucesso depois do filme do mesmo nome (ou Meu Primeiro Amor, no Brasil) em 1991. Uma das bandas vocais mais completas que já existiu, The Tempations começaram em 1960, em Detroit, como The Elgins, até serem descobertos pela Motown e se tornarem um fenômeno de vendas, graças ao carisma, a versatilidade das coreografias e da bela voz dos cinco participantes - que mudaram de componentes no decorrer dos anos e nos 50 anos de Motown...

A banda até hoje é vista como "O rock está para os Beatles como o soul está para o Temptations". Um dos grandes sucessos deles é Papa Was A Rolling Stone, de 1972, foram consagrados com três Grammys por esta canção, e foram os primeiros da Motown a receber tal prêmio.

Eu conheci essa música através de um cover, não o que eu postei aqui e sim o do George Michael que a mistura com outra música: Killer /Papa Was A Rolling Stone.


Preferi postar o Living Colour que é uma banda que começou nos anos de 1980 e só chegou ao sucesso com seu primeiro álbum em 1988, com o apadrinhamento de Mick Jagger, que assistiu ao um show, da então desconhecida banda, gostou tanto que se ofereceu para ser produtor das demos do grupo, que viraram o álbum Vivid (que tem a famosíssima Glamour Boys).

O som dos caras chamou a atenção por incorporar rock, jazz, soul e funk (do verdadeiro!). Lembro que na época se falava muito na "banda de rock composta por negros", era o rótulo, pelo menos na mídia brasileira que me lembre... e, claro, "Mick Jagger quem descobriu". Para a mídia de então parecia novidade uma banda de rock composta somente por negros, nunca entendi pra que esse rótulo. A banda era boa e isso é o que importa.

Fizeram um show na Virada Cultural Paulistana deste ano, que foi chamado de "frio" por alguns jornais. Diferente do que aconteceu no Hollywood Rock de 1992, quando a banda simplesmente ganhou a plateia que assistiu ao show e esqueceu que teria ido ver Skid Row (ninguém ia querer mesmo lembrar hoje rs) e "More Than Words Extreme" ou EMF (alguém lembra? Unbelievable!! rs).

A banda tinha excelentes canções com essa mistura que fazia, eu adoro aquela Love Rears Its Ugly Head, tem um quê de soul e é bem sensual.

Durante muitos shows eles emendavam Papa Was A Rolling Stone, dos Temptations, com Glamour Boys, que só foi "oficialmente documentada" no DVD Live In Paris de 2009,do qual não consegui nenhum trechinho desta música na internet e vocês terão que se contentar com um dos tantos shows que homenagearam algumas das vozes mais importantes da Motown.

Menina Enciclopédia

3 comentários:

  1. Bom, antes de tudo, peço perdão pela milésima vez, por não estar contribuíndo, ultimamente, da forma que este blog merece. Tenho andado realmente enrolado e, na verdade, não tenho nem lido os posts direito. Enfim, não desistam de mim, porque eu não desisti de vocês...

    Choradeira terminada, vamos ao que interessa.

    A versão original de "Papa was ..." é certamente uma das minhas músicas preferidas de todos os tempos. Lembro bem da primeira vez que escutei, em um vinil duplo comemorativo dos 25 anos da Motown (ainda era praticamente uma adolescente!), que tenho até hoje.

    Aquela linha de baixo, tão simples quanto inesquecível, e aquela guitarra com wha-wha, tão tradicional naqueles dias, até hoje me arrepiam.

    Não conheço essa versão do LC, mas admiro muito a banda, e acho os dois primeiros disco da banda ("Vivid" e "Time's UP") indispensáveis a qualquer ouvinte de rock do planeta. Embora eu goste mais da faceta rítmica do guitarrista Vernon Reid, que dos seus solos (de forma geral, um pouco anárquicos demais para meu gosto).

    Por falar nisso, alguém aí já escutou o novo deles??

    ResponderExcluir
  2. Temptations e Living Colour tocaram na Virada Cultural de SP, não tocaram? Não conheço muito da carreira de nenhum desses grupos - do Temptations só conhecia My Girl.

    ResponderExcluir
  3. E, comentário tardio, o George Michael que você citou é interessante porque é um cover duplo: "Killer" (Seal) e "Papa ..." Temptations.

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!