0181 - Into The White - Julian Plenti [2009]

Fiquei um tempo ponderando sobre o quão indie seria essa postagem.

Pixies é, sem dúvida, um ícone indie. A banda formada em Boston em 1985 e composta por Black Francis, Joey Santiago, Kim Deal e Dave Lovering tem como influências desde o punk ao surf rock. Suas canções, letras enigmáticas e temas como passagens bíblicas, violência, surrealismo, OVNIs...

Os Pixies influenciaram muitas bandas e são idolatrados por gente como Kurt Cobain, que declarou desejar que as canções do Nirvana soassem como as do grupo. Gravaram 5 álbuns até o fim da banda em 1993, mas o grupo voltou a se reunir (com a mesma formação inicial) em 2004 e continua se apresentando, tendo estado, inclusive, no Brasil no recente festival SWU.

O álbum Doolittle, lançado em 1989 é considerado um dos melhores trabalhos da banda. Mas a canção tema dessa postagem nem está no álbum: aparece como b-side do primeiro single Here comes your man (que deve ser a música mais popular da banda). Em todo caso, Into the white fez parte do setlist de apresentações ao vivo dos Pixies, como no vídeo abaixo, gravado em 1991.


Paul Julian Banks nasceu na Inglaterra em 1978, morou em vários países, estudou Inglês na Universidade de Nova York, e foi em Nova York que formou a banda Interpol (com Daniel Kessler, Sam Fogarino e Carlos Dengler), em 1998. O som do Interpol sempre foi comparado ao de bandas como Joy Division e Echo and the Bunnymen. Depois de três discos de sucesso lançados entre 2002 e 2007, Paul Banks (cantor, guitarrista e letrista) lançou um álbum solo  (projeto paralelo ao Interpol, visto que a banda continua em atividade) em 2009.

Então Paul Banks é Julian Plenti. O álbum, Julian Plenti is... Skyscraper traz muitas semelhanças com o som do Interpol, mas todo mundo sabe que o álbum solo é onde o artista procura fazer o que gosta, se sentir mais livre nas composições, viver outro momento e personagem - pelo menos é essa a impressão que tenho quando ouço esse disco.

O cover de Into the white, olha que coisa, também não está no álbum de Julian Plenti, mas incluso no setlist da turnê de divulgação do álbum. Gostei da versão, a voz de Paul combinou com a música e ela ficou mais animada.

Agora me digam, um b-side dos Pixies cantado por Julian Plenti - essa postagem ficou muito indie.

Cristina

Um comentário:

  1. err bem, não adianta... tudo fica melhor com paul banks rs e ele tá lindo demais haahhha e eu acho pixies chato, dá sono rsrs dai, claro que gostei ahahha q maldade a minha, q comentário superficial, mas honesto rs

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!