0185 - Mad World - Gary Jules & Michael Andrews [2001]

Tears For Fears (ou Tias Fofinhas, para aqueles com senso de humor mais apurado) é trilha sonora obrigatória em qualquer festa temática da década de 80.

O duo britânico formado em 1981 por Roland Orzabal e Curt Smith conta com nove álbuns na discografia, com destaque para os primeiros trabalhos lançados, como o disco de estreia The Hunting (1983), onde encontramos o hit Mad World. Aliás, um fato interessante sobre essa música é que, quase 20 anos depois de alcançar o 3º lugar nas paradas do Reino Unido, ela voltou com força total graças a uma cover lançada na trilha sonora de um filme estranho que marcou a década: Donnie Darko (2001, dir. Richard Kelly).



Donnie Darko foi a película responsável por consolidar a carreira do jovem astro Jake Gyllenhaal (O Segredo de Brokeback Mountain, Zodíaco). Como a trama desse suspense de ficção-científica se desenrola nos anos 80, a trilha sonora é recheada de clássicos de Echo & The Bunnymen, Tears For Fears (com sua versão original de Head Over Heels), Duran Duran, Joy Division, Oingo Boingo.

O cantor Gary Jules e o compositor Michael Andrews, que também assina a trilha do filme, gravaram uma cover de Mad World que impressiona pela qualidade e pelo impacto na cultura pop. Vale até mesmo afirmar que a nova versão "repopularizou" a canção escrita por Orzabal. E como se não bastasse marcar a carreira de Gary Jules como >one hit wonder de primeira, o video oficial da cover foi dirigido por ninguém menos do que Michel Gondry, papa dos videoclipes geniais que merece uma reverência sempre que citado - o cineasta francês ainda é responsável por transformar o roteiro excepcional de Charlie Kaufman na obra-prima Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças. Um fato interessante a ser notado é que, após a cover piano-cello-vocal de Gary Jules & Michael Andrews ser lançada, uma enxurrada de artistas embarcou na onda para gravar outras versões de Mad World.

Anômima

2 comentários:

  1. amo tias fofinhas!! bela escolha, essa cover ficou linda e combina com a atmosfera do filme ;)

    teve uma época que eu só ouvia a trilha sonora desse filme, inspiradíssima!

    ResponderExcluir
  2. Embora as tias só tenham ficado conhecidas mesmo por aqui a partir de seu segundo álbum, "Songs from the big chair" (que eu considero uma das grandes pérolas de todos os tempos), o primeiro, "The hurting", que traz a versão original de Mad World, também é um álbum fantástico. Aconselho com força... (e essa versão é mesmo muito interessante)

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!