Encontre sua cover

Carregando...

quarta-feira, dezembro 15, 2010

0194 - I Drove All Night - Cyndi Lauper [1989]

Essa é uma postagem controversa, do tipo "o ovo ou a galinha?".

A questão é a seguinte, Roy Orbison gravou essa música em 1987, só que ela só foi lançada num álbum dele (póstumo) em 1992. Orbison morreu em 1988 e daí a pendenga para se lançar o disco...

Roy Kelton Orbison nasceu no Texas e com 6 anos ganhou sua primeira guitarra do pai. Aos 10 anos já ganhava seu primeiro salário como cantor, quando ganhou um concurso de talentos. Roy continuou com suas apresentações, formou sua primeira banda aos 13 anos e durante o período de faculdade continuou se apresentando em bares. Até que foi visto por ninguém menos que Johnny Cash que o indicou para a gravadora Sun Records (a mesma de Elvis e Jerry Lee Lewis).

Voz particular, forte, bonita e que muitas vezes ele se valia de um falsete caracaterístico. A primeira vez que ouvi e vi Roy Orbison ele já tinha falecido e foi com a canção You Got It, de cara achei que ele fosse cego, por conta dos óculos escuros que ele sempre usava, mas era mais uma das características desse texano com grave problema de astigmatismo, que fez uma pré-adolescente se apaixonar pela voz dele.

Passou por tragédias em família, morte da esposa e de dois filhos no final da década de 1960 e se manteve praticamente no ostracismo na década de 70 e começo dos 80 até ter suas músicas incluídas em trilhas sonoras de filmes e entrar para o Hall da Fama do Rock em 1987, quando cantou Oh, Pretty Woman com Bruce Springsteen.

Uma outra curiosidade quanto a Roy é que ele participou de uma outra banda com astros do rock, também nessa época em que foi "redescoberto". Era a Traveling Wilbury. Os outros membros da banda? Bob Dylan, Tom Petty, Jeff Lynne e George Harrison. Eles se apresentavam com nomes falsos como se fossem um conjunto formado por irmãos. Ganharam um Grammy em 1989, Roy já havia falecido por conta de um ataque do coração fulminante em dezembro de 1988.

I Drove All Night era uma das músicas que ele deixou inéditas, gravada em 1987 e que só entraria no álbum King of Hearts de 1992. A versão mais famosa dessa música - infelizmente não achei a de 87 para postar aqui - é a remix de 1991, antes do cd póstumo produzido por Jeff Lynne da "antiga" banda de Orbison...

A versão famosa de 1991 é do CD Nintendo: White Knuckle Scorin' , feito para os fãs do famoso game Mario Bros., mas não me perguntem por que nem como, porque eu não entendo de games. O que eu sei é que o clipe e a música fizeram muito sucesso, ainda mais com dois ícones adolescentes dos anos 90 - Jennifer Connelly e Jason Priestley - faziam com que uma certa adolescente babasse nas cenas do clipe... ainda mais que ela sonhava em encontrar Brandon Walsh (personagem de Jason em Barrados no Baile) em São Paulo e não em Beverly Hills...


Cyndi Lauper é uma figuraça que começou sua carreira sendo comparada à Madonna, apareceram mais ou menos as duas na mesma época e a mídia instivaga para ver quem se manteria no topo, Madonna se tornou a rainha, diva do pop, mas isso não quer dizer que Cyndi tenha se perdido no turbilhão do sucesso, pode ter sumido, mas manteve sua carreira, não foi esquecida e esse ano lançou um CD, adivinhem, de covers!

Pra mim, Lauper sempre teve um apelo mais juvenil (veja o clipe dos Goonies, por exemplo), mais escrachada e engraçada (talvez por também ser atriz), Madonna, nos anos 80, queria chocar. Apesar de Madonna ser a preferida no mundo GLS, Cyndi é quem tem uma fundação contra a discriminação aos GLS, a True Colors Fund. E Cyndi Lauper foi a primeira cantora a ter 4 singles de um mesmo álbum no topo das paradas norte-americanas.

Ela regravou em 1989 I Drove All Night, no seu terceiro álbum A Night to Remember, como a versão dela foi lançada primeiro e alcançou as paradas de sucesso, se não fosse a particularidade de a música já estar gravada e guardada na voz de Orbison, não poderia ser considerada uma cover.


5 comentários:

  1. Olá pessoal do 1001 Covers. Adoro o Blog de vocês e gostaria de parabenizar pelo trabalho. Tudo é feito com muita informação correta e precisa e as músicas escolhidas são sempre muito interessantes. Se for interesse de vocês, fizemos um podcast sobre o assunto de covers e, se acharem interessante, podem divulgar para seus leitores. O link é o seguinte: http://migre.me/2Ye96
    Um abraço e continuem o bom trabalho!

    ResponderExcluir
  2. Re, nem sabia que a Cindy havia lançado comercialmente esta versão antes da própria versão original do Roy Orbison.
    Boa história!

    ResponderExcluir
  3. Ótima, realmente. Eu detesto a voz da Madonna nos anos 80. Não sei o que ela fez para melhorar o jeito de cantar depois, viu.

    ResponderExcluir
  4. eu sou o drove al lnight do clip

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!