Cover Playlist - Pedro Só

Grande parte da minha adolescência foi preenchida com várias descobertas, entre elas, o descobrimento do planeta música. Quando comecei a me interessar por esse mundo, o Oasis e o Blur já travavam a batalha do século na Inglaterra. O grunge da década de 90 já estava em declínio. Kurt Cobain já estava morto e o Pearl Jam fechava para balanço. Eu pouco conhecia as outras variações do rock. Até então os Beatles eram o meu grande referencial. Punk rock e metal eram, no meu modo de ver, estilos de delinquentes ou marginais, tal o meu grau de ignorância musical.

Com a busca natural por mais informações, descobri afortunadamente naqueles tempos a revista Showbizz, uma espécie de tabua de salvação numa era em que acesso a música descente era como encontrar uma agulha no palheiro. A primeira revista que adquiri tinha como capa a foto da capa do disco Atom Heart Mother do Pink Floyd – a famosa capa da vaca malhada. Nela havia a seguinte manchete: “O Pink Floyd vem mesmo ao Brasil na próxima turnê!”. Apesar de afirmar categoricamente que tal feito se consumaria, a Showbizz errou feio, pois além de não vir ao país, a lendária banda inglesa se desmantelou meses depois. E assim foi o meu primeiro contato com a revista, um verdadeiro “furo de reportagem” publicado lá nos idos de 1996...

Apesar desse erro de previsão, a revista sempre foi uma grande fonte de informação para mim. A música no início da segunda metade da década de 90 era adquirida em CDs – mas a fita K7 ainda tinha seu espaço. Não existia mp3. A internet não havia sido massificada. Assistir a videoclipes só era possível por meio de antena UHF sintonizada à MTV. Neste contexto, a Showbizz era pioneira em antecipar novidades do mundo da música, além de trazer resenhas de discos históricos – lembro-me que foi nas páginas da revista que descobri Superfly de Curtis Mayfield. Fui assinante da revista durante o ano de 1998, época em que acredito ter adquirido uma “cultura musical de base”. Foi nesta época também que o grande jornalista Pedro Só se tornava redator chefe da revista num momento de revitalização editorial em plena era "pré mp3," onde o Radiohead e o Portishead tomavam conta da cena britânica e o R&B, hip-hop e o rap ganhavam mais força na mídia norte-americana.

Há pouco mais de um ano, quando entrei para o Facebook, sem querer encontrei o perfil do Pedro Só no rol de amigos de uma amiga. Pensei em adicioná-lo, mas sem muitas esperanças que ele aceitasse – apesar da amiga em comum, eu, afinal, era um desconhecido e ele um jornalista...

Coincidentemente foi neste mesmo período que pensei em montar o tópico Cover Playlist para o blog. A idéia inicial para esse tópico era tentar angariar listas contendo 10 covers preferidas de vários jornalistas ligados à música. Enfim, depois de enviar alguns e-mails só o Pedro Só respondeu. E respondeu 2 vezes. Explico: a resposta de Pedro com suas 10 covers prediletas estava guardada no meu Inbox. Mas sem querer acabei deletando a mensagem num ato imprudente. Eu a estava guardando para publicá-la agora no final de 2010. Fiquei super chateado quando notei a burrice que havia cometido. Resolvi então escrevê-lo novamente e, para minha sorte, recebi uma segunda resposta.

Hoje, Pedro Só trabalha no Conselho Editorial da Billboard Brasil, filial da multinacional americana sinônimo de paradas de sucessos. Mesmo com seus vários afazeres pessoais e profissionais, Pedro listou assim suas “10 + 1” covers prediletas de todos os tempos:

11 - Isaac Hayes – Fragile (Sting)
10 - Creedence Clearwater Revival – I Put A Spell On You (Screamin Jay Hawkins)
09 - Carl Carlton – Signed Sealed Delivered (Stevie Wonder)
08 - Bryan Ferry – Piece Of My Heart (sucesso na voz de Janis Joplin, mas gravada antes por Erma Franklin, irmã de Aretha)
07 - Pixies – I Can’t Forget (Leonard Cohen)
06 - Toni Tribe – Red Red Wine (original de Neil Diamond, gravada pelo jamaicano Tribe antes de o UB40 ser fundado)
05 - Mongo Santamaría – Cold Sweat (James Brown)
04 - Mark Lanegan – Badi-Da (de Fred Neil)
03 - BB King - To Know You Is To Love Him (Stevie Wonder)
02 - Peggy Lee – Superstar (de Leon Russell, depois regravada pelo Sonic Youth)
01 - Alex Chilton – My Baby Just Cares For Me (Nina Simone)


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com

PS: Pedro, adoramos sua lista. Uma lista bem eclética. Particularmente fiquei muito surpreso e feliz ao ouvir Bryan Ferry cantando Piece Of My Heart! Valeu! Obrigado!!!

Persiolino

4 comentários:

  1. ah, que legal que conseguiu mais um conhecido fã de música para fazer a sua lista! tem gente me devendo isso rsrs

    ResponderExcluir
  2. gostei desse recurso com os covers e a lista do pedro só é muito diferente, ele tb achou agulhas no palheiro pra nossas postagens rs

    ResponderExcluir
  3. O Indigo Swing também tem uma ótima cover para "My baby just cares for me", que foi a preferida na lista do Pedro Só - http://www.youtube.com/watch?v=2zvpJQPKSZQ

    ResponderExcluir
  4. O cover do Bryan Ferry pra Piece Of My Heart ficou excelente!

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!