0223 - Crying In The Rain - A-Ha [1990]

Já disse aqui antes que minha mãe tem o dom de falar: essa música é velha! Como no link acima essa também foi minha mãe que, ao ouvir o comecinho, já veio falando que a música era do tempo dela... tem vezes que ela erra, mas já são duas aqui no nosso blog (contando a de hoje, claro).

Crying In The Rain foi gravada originalmente pela dupla The Everly Brothers em 1962, canção composta por Caroline King (cantora norte-americana famosa também como compositora e de sucesso). Chegou ao número 6 da Billboards naquele ano.

Os irmãos Don e Phil Everly começaram a carreira bem cedo, seu pai, Ike Everly, era músico e com a esposa, formou o Everly Family, que viajava os Estados Unidos com shows.

Só em 1957 tornaram-se uma dupla que é considerada umas das percussoras do rock, sim! Enquanto os irmãos Everly eram vistos como "bons moços brancos" e a sociedade norte-americana não via problema no  rock deles, muito influenciado pela contry music e por isso mais agradável aos ouvidos do norte-americano médio da época, outros contemporâneos deles comiam o pão que o diabo amassou (Chuck Berry, Lillte Richard), talvez até por isso quem comeu o pão que o diabo amassou seja mais lembrado do que eles...

Mas muitas bandas da década de 1960 já começaram tendo como influência esses dois irmãos, como os Beatles e os Beach Boys (tanto que a dupla parou suas atividades em 1973 e em 1983, num retorno, um dos produtores do disco dos irmãos foi Paul McCartney).


A música original no Brasil também ficou famosa por esse comercial, não achei o ano exato nas minhas pesquisas, eu acho que foi depois do sucesso do A-Ha...


O A-Ha tem como marco inicial o ano de 1982 quando  Morten Harket,  Paul Waaktaar-Savoy e Magne Furuholmen brincando para achar um nome para banda descobriram que A-Ha em várias línguas tem uma conotação boa e que representa um "achei algo novo" e a própria exclamação "aha!".

Decididos a fazerem sucesso saíram da Noruega e foram para a Inglaterra, mais especificamente para Londres, num primeiro momento, nada aconteceu (a banda ainda não era o A-Ha e nem o vocalista o Morten), só numa segunda tentativa é que as coisas aconteceram.

Em 1984 lançam o single de Take On Me que vende apenas 400 cópias, voltam pra estúdio e com nova produção de música no álbum Hunting High And Low, vendem, em 1985, mais de 8 milhões do disco pelo mundo e ainda ganham prêmios da MTV Norte-americana pelo video dessa música em 1986 (um dos meus videos favoritos, ever! e agora descubro, na Wikipedia, que o video é inspirado no filme Altered State de Ken Russell, é pra eu caçar!).

A partir daí começa a "a-hamania" que chegou ao Brasil, a partir de 1986 todas as músicas do primeiro e segundo disco tocavam o dia todo nas rádios e Take On Me era a música preferida dos concursos televisivos de aeróbica, outra febre...

Em 1989, se me lembro bem... houve o primeiro show da banda, e lembro da histeria que rolava, eu ainda não estava entendendo direito aquela mulherada louca rs porque lembro que foi uma loucura de passar até em Jornal Nacional...

Em 1991 eles voltam no Rock in Rio II e batem o recorde de público 198 mil pessoas no Maracanã para vê-los, nesse mesmo ano fazem mais shows pelo Brasil divulgando o CD East Of The Sun West Of The Moon, quarto cd da banda e do qual faz parte a cover dos irmãos Everly:


O A-Ha deu um tempo nas atividades em 1994 e voltou em 1998, nesse período os membros se focaram em suas carreiras solos, Morten chegou a fazer sucesso com uma música no Brasil, A Kind Of Christmas Card. Em 2010 fizeram as últimas apresentações (que eu perdi) e terminaram as atividades da banda. Fiquei triste agora... espero uma reunião para conseguir vê-los, pleaseeee!!!!

*** Enquanto escrevia essa postagem, estava ouvindo o novo cd solo de Eddie Vedder (Ukelele Songs) e... ao procurar sobre uma música deste CD, Sleepless Nights, descubro que ela é uma cover para uma música dos irmãos Everly... (futura postagem? espero que sim!)

Menina Enciclopédia

3 comentários:

  1. E eu que duvidei do meu pai que me havia falado que esta música era antiga e que ele havia ouvido uma versão dif. da versão do A-Ha...
    Pois é, meu pai e sua mãe Re tem este dom!

    ResponderExcluir
  2. ah, persiolino! o q seria de nós sem nossos pais musicais, né? rs

    ResponderExcluir
  3. Comercial da Lacta com o casal inocente, bons tempos, hoje grava-se comercial ou mostrando as partes intimas das garotas, ou áquela famigerada, estupida, imbecil, idiota, nojenta, lek lek lek, Jesus amado quanto lixo vemos nos comerciais da Tv brasileira.

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!