0237 - London Calling - Bruce Springsteen [2009]

As revoltas/manifestações/badernas britânicas das últimas semanas reavivaram alguns clássicos do rock do Reino Unido. Dentre eles, a histórica London Calling, da não menos histórica banda The Clash.

Basta pegar apenas os dois primeiros versos para fazer uma relação com o que anda acontecendo naquela grande ilha do outro lado do Atlânico: "London calling to the faraway towns/ Now war is declared, and battle come down". Londres, Birmigham, Liverpool e Manchester são algumas das grandes cidades inglesas palco dos episódios de quebra-quebra que são destaque na mídia mundial. London Calling, com seus riffs memoráveis, linha de baixo marcante e letra quase premonitória, é carro chefe do álbum homônimo do The Clash.

Lançado em 1979, London Calling tem aquela capa genial parodiando Elvis Presley e traz outra ótima música do quarteto londrino, Train In Vain. Vendeu 5 milhões de cópias no mundo inteiro, enquanto o single de mesmo nome chegou à posição de número 11 nas paradas do Reino Unido - aquém da dimensão que a canção alcançou ao longo dos anos.


Enquanto The Clash sacudia o Reino Unido com London Calling (o álbum e a música), na América (forma como os estadunidenses gostam de chamar os Estados Unidos da América) Bruce Springsteen excursionava com The E Street Band para promover o álbum Darkness On The Edge Of Town, o quarto de sua carreira, lançado em 1978, levando rock'n'roll a uma geração desiludida. E 30 anos depois, em 2009, durante a turnê de Working On A Dream em Londres, eis que o Boss e sua banda trouxeram London Calling à vida no Hyde Park para milhares de pessoas.

O show foi transformado no DVD London Calling: Live In Hyde Park, um título bastante apropriado, embora nenhuma ocorrência que resultasse em pânico tenha acontecido durante a apresentação. Mas pense bem: The Boss num palco londrino, quase um sessentão, mostrando muito vigor (físico e profissional) e arrasando no maior sucesso de uma grande banda 30 anos depois. Não é para qualquer um...

Anômima

2 comentários:

  1. The Boss sempre "matando a pau". Versão digna de respeito para um quase sessentão.

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!