0256 - This Is The Day - Manic Street Preachers [2011]

Em 1977, Matt Johnson pôs um anúncio na NME: procura-se baixista/ guitarrista 'especializado' em Velvet e Syd Barret. Nada aconteceu... nem no segundo, quando Matt escreveu que suas influências eram The Residents e Throbbing Gristle.

Sua vontade de formar uma banda só virou realidade em 1978, depois de trabalhar em várias demos. Tornaram-se o The The (não consegui descobrir o porquê do nome, se alguém souber, nos avise!) começarm a participar de aberturas de shows... passaram por várias formações, mas só Matt Johnson é a figura constante. O primeiro álbum oficial da banda é de 1981 (copilação das demos), Burning Blue Soul, que conta com músicos do Wire dando uma força na gravação do LP.

O notório sucesso do The The só chega em 1983, com exatamente a faixa tema da postagem de hoje. Está no terceiro álbum, Soul Mining que conta até com Jools Holland no piano!


Na verdade, apesar do The The ser uma banda de hit mundial só, eles sempre tiveram grandes participações em seus álbuns, ou seja, grandes músicos trabalham com grandes músicos. Isso só quer dizer que Matt Johnson é músico muito respeitado ,e entre outros que participaram dos álbuns do The The, temos: Johnny Marr, Sinéad O'Connor , Neneh Cherry, Steve Hogarth ...

Em 1995 lançaram um disco em homenagem ao cantor country americano Hanky Williams, Hanky Panky, que trouxe o single de grande sucesso no Reino Unido, I Saw The Light. A banda ainda está na ativa, mas não lança CDs desde 2000.

Os Maníacos Pregadores de Rua (seria assim a tradução do nome dos Manic Street Preachers numa tradução para um filme ou seriado no Brasil?) não precisam de apresentações, já apareceram algumas vezes aqui, até por minhas mãos, grandes fãs da banda - eu e minhas mãos. Agora estão lançando, exatamente hoje, uma copilação dos 25 anos da banda com CD e DVD contando essa história. De uma cidade pequena próxima a Cardiff, em Gales, para o mundo...

Depois de conhecer um teco de Gales eu até entendi o sentido exato da banda... quer dizer... acho que consegui captar uns 3% do que a banda sentia quando começaram... Percebi que Gales é só um subúrbio para a rainha e que, apesar do lugares lindos, parece um lugar como um "primo pobre e sofrido" da Inglaterra...

Voltando da divagação. Para dar um pequeno resumo da carreira, fizeam essa versão de This Is The Day, que toca direto nas rádios daqui, com um video que é dedicado a Richey James:

Menina Enciclopédia

3 comentários:

  1. Acho que a cover tem seu valor e a original tbm. Mas ainda prefiro a origina, o gosto do som do arcodeon. Já a cover tem um jeito de "Jovem Guarda", pré anos 60 bem acentuado! Manics já é forte candidato a cover do ano hein!

    ResponderExcluir
  2. Eu lembro de pelo menos mais uma música do The The que fez sucesso por aqui: Slow Emotion Replay. Quando estiver em ambiente não bloqueado, vou assistir aos vídeos...

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto desses riffs do Manics. Gosto muito de todos os covers que eles fizeram - daqueles que conheço, pois não sei o que mais aprontaram.

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!