0261 - The Concept - Telekinesis [2010]

Convidaram-me recentemente no Facebook para participar daquelas brincadeiras onde você deve publicar no mural uma canção por dia por 250 dias, sendo que para cada dia existe um tema específico, como por exemplo, no primeiro dia você deve citar uma música que te faz lembrar a infância, no segundo, uma música que você te faz ficar calmo e assim por diante.

Sei que nesta brincadeira toda, o 104º dia sugere para que você cite uma música que a versão ao vivo tenha ficado melhor que a versão de estúdio. E para esta situação específica, tenho uma resposta na ponta da língua: The Concept do Teenage Fanclub.

Infelizmente, ainda não tive a oportunidade de ver o Teenage ao vivo. Espero que um dia possa vê-los, afinal de contas, esta é a melhor banda de power pop de todos os tempos. E diria ainda mais; o Teenage já foi considerada a melhor banda de todos os tempos por Kurt Cobain, e a segunda melhor de todos os tempos por Liam Gallagher (aliás, no pensamento de Liam, ficando somente atrás do Oasis é claro).

Sempre achei o Teenage Fanclub uma banda super injustiçada pela falta de reconhecimento à qualidade de suas músicas. Mas acredito que promover o makerting não é e nunca foi uma meta ser alcançada. Além do mais, vejo o Teenage sempre se preocupar mais em fazer melhores discos. Uma prova disto é o seu último trabalho, Shadows, lançado ano passado.

E se existe um disco que possa ser considerado “perfeito” na discografia dessa banda, em minha humilde opinião este disco é Bandwagonesque... e a música que abre esta obra-prima é justamente The Concept.

Aqui temos a versão estúdio:


E aqui temos a versão ao vivo – muito melhor (mais rápida e vibrante) que a versão estúdio:



Além de discos legais, estes escoceses também produziram muitas covers bacanas. Em contrapartida, são poucas as boas covers que encontramos na internet de uma canção de autoria do Teenage feita por outro artista famoso.


Felizmente, o cantor, baterista, guitarrista e compositor Michael Benjamin Lerner da banda Telekinesis – vista como uma das melhores revelações dos últimos anos do indie rock norte-americano – mudou um pouco esta estatística negativa. Em março deste ano, Michael Lerner, apenas com um violãozinho em mãos, gravou para o blog The Automatic Film Maker uma versão de The Concept totalmente crua na pequena cidade de Sursee na Suíça.


PS: é impossível não lembrar de Liv Brandão quando falamos de TFC..."Livs, cadê o Go To Heaven?"

Persiolino

3 comentários:

  1. Senti falta dos ~uuuuuu~ no final da versão ao vivo, me emociono com eles.

    ResponderExcluir
  2. É, ao vivo não tem uuuu...
    Mas é bom pra "pular" e "exorcizar os demonios" hehehe

    ResponderExcluir
  3. O Idlewild fez uma cover do TFC que eu não curti. Aliás, Idlewild tem ótimas músicas do repertório próprio, mas eles fazem umas covers bem aquém.

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!