Cover Playlist - Feliz Dia da Proclamação da República: 10 Covers de Canções Brasileiras de Protesto

Hoje, 15 de Novembro de 2011, comemoramos 122 da proclamação da República. Na verdade, não há muito o que comemorar não, afinal, o termo República tem como um de seus significados a "admnistração dos interesses públicos" e, infelizmente, dia após dia são noticiadas mais e mais denúncias de roubo do dinheiro público. No passado a luta foi para obtermos a liberdade. Agora que estamos livres da repressão de outrora e vivemos um Estado Democrático, observamos que a "governabilidade" do país esta baseada num Estado Autocrático que previlegia grupos políticos e suas corjas, prejudicando assim todos nós cidadãos de bem - que pagam altos impostos e não possuem serviços básicos de qualidade.

Não sou político e nem perteço a grupo ou partido. Muito menos quero incitar manifestações, mas se queremos mudar isto, protestar de alguma maneira é o que nos resta. Votar direito é uma boa forma de protesto - afinal, as Eleições de 2012 já estão aí. Uma outra forma - menos eficiente talvez - é lembrarmos de 10 boas covers de canções brasileiras que de alguma forma protestam contra as mazelas que nos acometem diariamente:

10. Brasil - Gal Costa (original: Cazuza)
"Mostra a sua cara, afinal, temos pago com tantos impostos pra ficar assim?" Não aguentamos mais esta bandalheira. Esta versão da Gal já foi resenhada aqui, mas vale lembrá-la novamente.


09. Perfeccion - Attaque 77 (original: Legião Urbana)
Com certeza quando Renato Russo escreveu Perfeição não estava feliz com sua própria atitude e a atitude de toda a sociedade diante de todas as coisas erradas que acontecem neste país. E provavelmente os argentinos do Attaque 77 idem face a situação de seu país.


08. Pra Não Dizer Que Não Falei De Flores - Zé Ramalho (original: Geraldo Vandré)
Famosa composição de Geraldo Vandré, virou "símbolo" de oposição a Ditadura Militar (64-85). Recentemente, Zé Ramalho deu sua própria interpretação a esta que é uma das mais bonitas (e longa por sinal) letra de protesto já produzida pela MPB.


07. Minha Alma (A Paz Que Eu Não Quero) - Maria Rita (original: O Rappa)
Será que não estamos "presos" demais nos nossos mundos, confortáveis, e não queremos, ou, não estamos nem aí, para o que se passa fora dos portões de nossas casas? É esta a indagação de Marcelo Yuka, na belíssima voz de Maria Rita, que nos faz refletir no tipo de "paz" que estamos construindo...


06. Inútil - Os Paralamas Do Sucesso (original: Ultraje A Rigor)
Esta versão foi feita no primeiro Rock In Rio, numa apresentação histórica dos Paralamas, logo após as Diretas Já...com direito a "pagar sapo" na galera.



05. Aluga-se - Titãs (original: Raul Seixas)
Esse "toca Raul by Titãs" nos chama a atenção para as potencialidades que temos aqui, mas que não conseguimos efetivamente transformá-las em riquezas para os próprios brasileiros; ao contrário, acabamos "alugando" o país para os estrangeiros.


04. Podres Poderes - Maria Gadú (original: Caetano Veloso)
Aqui, Maria Gadú canta Caetano inconformado com a sentimento de impotência para mudar tudo o que há de errado no Brasil e no mundo.


03. Até Quando Esperar - Nasi (original: Plebe Rude)
Nasi, ex-vocalista do Ira!, cantando este clássico da revolta contra as desigualdades sociais gravado originalmente pela Plebe Rude de Brasília.


02. Apesar De Você - Clara Nunes (original: Chico Buarque)
Sem saber que se tratava de uma letra de protesto contra o regime militar vigente no Brasil, Clara Nunes regravou esta sagaz canção de Chico Buarque e depois foi obrigada a cantar o hino das Olímpiadas do Exército Brasileiro.


01. Que País É Este? - Os Paralamas Do Sucesso (original: Legião Urbana)
É "Que País É Este?" na superprodução acústica dos Paralamas. E apesar de você, vocês e eu, esse é ainda a sétima maior economia global. Temos "n" problemas; problemas estruturais e éticos. Mas mesmo assim sempre acreditamos num futuro melhor para esta nação. Esse é o Brasil.

Persiolino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!!!