Melhores Covers de 2011 - Persiolino - Top 10 Covers Nacionais

A produção musical brasileira em 2011 se mostrou mais revitalizada do que anos anteriores. Bom, você até pode não concordar com esta afirmação, mas esta é a minha impressão.

É fácil perceber que muitos artistas da nova safra despontaram com bons trabalhos. Basta procurar pelas listas de melhores discos brasileiros de 2011 publicadas pela imprensa especializada e perceberás que a maioria deles não são conhecidos pelo grande público e nem tocam na rádio insistentemente. Portanto, não estou falando de Michel Teló, Maria Gadú e nem de Paula Fernandes. Este ano teve o ótimo novo álbum da cantora e compositora Tiê. Tevê também o aclamado disco do Criolo, com o rap se apresentando mais palatável e melodicamente interessante. E teve também a canção Efêmera da cantora mineira radicada em São Paulo Tulipa Ruiz, incluída na trilha sonora do game de futebol Fifa 2011.

Tivemos também novos trabalhos de artistas já consagrados como Marisa Monte, Lenine e um do Chico Buarque. Sem falar nos projetos paralelos dos artistas e nos grandes festivais de música que acompanham nova pujança econômica e cultural do país.

Por tudo isto, foi inevitável ouvir em 2011 vários ótimos covers Made In Brazil. Nos anos anteriores, nós do 1001 Covers não fizemos uma distinção entre artistas nacionais e internacionais na lista de melhores covers do ano. De certo deixamos escapar ótimas covers nacionais. Mas neste ano, para não cairmos no mesmo erro e por toda efervescência do cenário musical tupiniquim, vale a menção dos 10 melhores covers produzidos por artistas brasileiros – para canções nacionais ou internacionais.

10 - Marisa Monte - Descalço No Parque - original: Jorge Ben Jor
Marisa é fã de Jorge Ben pois não é a primeira vez que ela reinterpreta uma canção desse artista – sem ficar pensando muito, eu me lembro da versão de Balança Pema gravada para o disco Verde, Anil, Amarelo, Cor-de-Rosa E Carvão. Já este cover de Descalço No Parque está presente no novo trabalho da cantora, intitulado O Que Você Quer Saber de Verdade.

09 - Ed Motta e Andreas Kisser - Burn - original: Deep Purple
Registro do ensaio para o show de Kisser e Motta contendo apenas clássicos do rock internacional no Rock in Rio 2011. Sem invenções; o bom e velho rock’n’roll ali, acompanhado do excelente vocal do versátil Ed Motta.

08 - Banda Uó - Louca Paixão - original: Rihanna (versão da música S&M)
Revelação do Techno Brega de Goiânia, a Banda Uó, é o “ó” mesmo quando o assunto é versões. O grupo levou o prêmio de melhor web-clipe no VMB da MTV Brasil nesse ano com o hit Shake de Amor, um cover “paródia” de Whip My Hair, da cantora Willow Smith (filha do Will Smith). E de tão ruim, mas tão ruim, podemos dizer esta a cover de S&M da Rihanna ficou muito engraçada e boa também...

07 - Monobloco - Isso Aqui Tá Bom Demais / Pagode Russo - original: Dominguinhos / Luiz Gonzaga
Na apresentação feita no Rio In Rio 2011, o Monobloco levantou o publico com estas duas versões de clássicos do forró.

06 - Cícero - Barely Legal - original: The Strokes
Revelação da cena indie carioca, Cicero e sua banda capricharam no arranjo levada meio bossa nova meio rock de garagem feita para na compiliação Is This Indie, que homenageia os 10 anos do clássico disco Is This It do Strokes.

05 - Letuce - Poderosa / Just My Imagination - original: Raça Negra / The Temptations
Em 2010 o duo Letuce lançou o EP Couves contendo covers bem engraçadas de clássicos pagode, forró e do brega. A versão de Poderosa do grupo de pagode Raça Negra é originalmente daquele EP. Mas a versão relançada neste ano, num show feito no Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo em Março emenda o clássico Just My Imagination do Temptations.

04 - Bruno Morais feat. Bixiga 70 - Sorriso Dela - original: Erasmo Carlos
O cantor, compositor e produtor Bruno Morais, querido pela crítica musical por seu excelente trabalho que mistura a sonoridade brasileira com diferentes instrumentos e ritmos, chamou o grupo Bixiga 70, que traz os batuques da África misturados ao jazz e ao samba de raiz, para resgatar este clássico esquecido no fundo do baú de autoria da dupla Erasmo & Roberto

03 - Brothers Of Brazil - Something - original: The Beatles
João Suplicy e seu irmão Supla formam o sensacional Brothers Of Brazil. Aqui, sem Supla, João manda uma versão acústica de Something, com parte da letra adaptada para o português.

02 - Tiê - Você Não Vale Nada - original: Calcinha Preta
Voz encantadora e sonoridade flamenca transformam sapa em princesa. É esta a definição para este cover feita pela Tiê, presente em seu mais novo disco A Coruja E O Coração.

01 - Pedro Luis E A Parede - Selvagem - original: Os Paralamas Do Sucesso
Esta versão funciona como uma homenagem aos Paralamas, que sempre inovaram misturando rock ao ska, dub, reggae em suas composições. O cover feito por Pedro Luis E A Parede fez bonito com uma percussão calcada no samba e a “batida” de guitarra que nos remete ao reggae.

Persiolino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!!!