Cover Records - Brian Wilson Reimagines Gershwin - Brian Wilson [2010]

Minha recente apreciação pela música de George Gershwin e Ira Gershwin está muito vinculada ao fato de começar a gostar dos Standards do jazz norte-americano, como They Can’t Take That Away From Me ou Summertime. Foi ouvindo estas e outras grandes canções nas vozes de Sinatra, Ella Fritzgerald, Billie Holliday e Brian Wilson que descobri Gershwin e sua importância.

(Oops! Ele disse Brian Wilson?) Pois é, Brian Wilson sim. Como disse, minha maior curiosidade e apreciação pelos Standards do jazz começaram há 3 anos mais ou menos. Graças aos torrents e a banda larga, que comecei a interar-me sobre o estilo. Foi quando mais ou menos na mesma época saiu o disco Brian Wilson Reimagines Gershwin. 

Para quem não sabe, Brian Wilson é um gênio musical que ao lado de seus irmãos Carl e Dennis, do primo Mike Love e do amigo Al Jardine, fundaram o grupo The Beach Boys em 1961 em Hawthorne, Califórina, EUA. Sempre gostei das músicas do grupo, principalmente as do disco Pet Sounds. Sempre gostei muito dos arranjos orquestrais contidos em canções como Good Vibrations ou God Only Knows. Entretanto nunca pensei que Brian se inspirou de alguma forma nos arranjos de George Gershwin até conhecer este tributo e ver o vídeo a seguir...


É bem provável que Wilson nunca antes havia explorado tanto as ondas jazzísticas como ocorreu neste trabalho. Ouvindo as nas faixas I Love You Porgy, Summertime e It Ain't Necessarily So – onde se mantiveram intactos os arranjos originais - podemos perceber que Brian tem certa vocação para ser um jazz crooner

Já a versão de I’ve Got A Crush On You parece ter saído diretamente de 1964, era pós British Invasion, ganhando uma sonoridade mais parecida com as baladas rock, aquelas do tipo lullaby. E a bebop  I Got Rhythm  foi transformada em surf music – uma onda mais parecida com a dos Beach Boys. Mas para mim, a faixa que melhor representa a fusão Brian Wilson / Beach Boys / Gershwin está incorporada nesta cover de They Can’t Take That Away From Me.


Além das ótimas re-interpretações, Brian Wilson Reimagines Gershwin trouxe também duas canções inéditas baseadas em fragmentos deixados por George Gershwin: The Like In I Love You e Nothing But Love. Estas canções, finalizadas magistralmente por Brian Wilson, contaram também com a colaboração do multi-instrumentista Scott Bennett. Com toda esta injeção de ar fresco sobre a clássica obra dos irmãos Gershwin, não há como dizer que este tributo é uma simples homenagem feita por Brian Wilson. 

Certamente Wilson conseguiu com este trabalho por em prática o seu título: reimaginou os grandes clássicos de Gershwin. É boa música para nenhum fã de Gershwin (né Garota no hall), jazz, Beach Boys e de boa covers se decepcionar. 

01. Rhapsody in Blue/Intro
02. The Like In I Love You
03. Summertime
04. I Loves You, Porgy
05. I Got Plenty o' Nuttin'
06. It Ain't Necessarily So
07. 'S Wonderful
08. They Can't Take That Away from Me
09. Love Is Here to Stay
10. I've Got a Crush on You
11. I Got Rhythm
12. Someone to Watch Over Me
13. Nothing But Love
14. Rhapsody in Blue/Reprise

Persiolino

Um comentário:

  1. Nossa, adorei essa que você postou! Vou procurar esse álbum para escutar.

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!