Trash Covers - Dinho Ouro Preto - Nothing Compares 2 U

Aposto que por essa, o Prince não esperava. E nem nós merecíamos.

Pouca gente sabe que Prince compôs a canção Nothing Compares 2 U em 1985 para sua banda The Family, mas todos conhecem  a gravação de Sinnéad O'Connor, em seu álbum I Do Not Want What I Haven't Got de 1990. Alcançou o topo da Bilboard Hot Music e posteriormente foi classificada na 162º posição da lista das 500 Canções de Todos os Tempos da Rolling Stone.

O clipe também foi marcante para a memória musical dos anos 90, com o rosto em close de Sinnéad na sua interpretação intensa e doce ao mesmo tempo, derrubando algumas lágrimas, alternado com imagens que lembram aquelas das faixas do karaokê Raf Eletronics (ok, essa parte foi maldade minha).


É realmente uma bela música com uma bela interpretação.

Mas aí, Brasil, 2012, o ano do Apocalipse, em que Dinho Ouro Preto lança um disco de covers em sua carreira solo. O álbum, intitulado Black Heart, traz versões para 12 clássicos do rock, pós-punk e indie, desde Elvis Presley, passando por The Smiths, The Cure e The Racounters. A gravação de Nothing Compares 2 U foi escolhida para ser o carro-chefe da desgraça empreitada, o primeiro single, lançado nesse mês de abril.

Dinho Ouro Preto, nascido Fernando de Ouro Preto em 1964, é o vocalista da banda Capital Inicial, desde sua formação em 1982 até 1993 e depois a partir de 1998 até os dias atuais. A banda nasceu da mitose da banda punk Aborto Elétrico, que, da sua dissolução, gerou a Legião Urbana e o Capital Inicial. Dinho tem mais dois álbuns em carreira solo, lançados em 1994 e 1995.

Com seu jeito empolado e afetado de cantar, conseguiu transformar o clássico Nothing Compares 2 U em algo empolado, afetado e falso, como praticamente tudo o que esse rapaz canta. Os backing vocals também não ajudam em nada. E o que são essas explosões no clipe? Não há muito mais o que se comentar.



Cristina

8 comentários:

  1. Dinho é tipo o nosso John Ruim Jovi: fica sempre fazendo o tipo do gatão (da meia idade) e miando ops! cantando
    comecei a ver o clipe e ouvir e pensar: oi? o.O rsrs

    Eu já andei falando: acho que vamos ter que fazer um trash covers records desse álbum rs duvido que algo se salve rs

    essa já é forte candidata a pior do ano! rs

    ResponderExcluir
  2. Rê, desse álbum não se salva nada não, acredite.

    ResponderExcluir
  3. então é trash covers records rs

    ResponderExcluir
  4. as duas versoes sao um lixo!

    ResponderExcluir
  5. Não aguentei ouvir até o fim da música, seria interessante numa sessão de tortura...

    ResponderExcluir
  6. Eu já tinha achado ruim a do Stereophonics...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gusné, ainda não ouvimos a do Stereophonics. Vamos conferir se é digna de um post aqui no Trash Covers hehehehe. Obrigado pelo comentário!

      Excluir

Comente aqui!!!