0328 - Don't - David Gilmour [2001]

Deliciosa sensação essa quando, sendo membro de um blog que escreve sobre versões cover, você encontra aquela canção que paradoxalmente mantém a essência e ao mesmo tempo abre um contraste entre as personalidades do intérprete A e do intérprete B.

Apesar de Elvis Presley não ter sido o intérprete A da canção (segundo informações aparentemente esquizofrênicas da wikipedia brazuca, teria sido gravada originalmente por Eddie Boyd em 1956), ela ficou cravada no subconsciente do mundo da música pop pelas suas mãos, ou melhor, pela sua garganta. Don´t foi escrita pela famosa dupla de compositores Jerry Leiber e Mike Stoller, supostamente (segundo alguns biógrafos) a pedido do próprio Elvis, que teria gravado (em 1957) o take final no estúdio com as luzes apagadas e deitado no chão. O petardo foi lançado no ano de 1958, no formato single. Confiram a belezura, um clássico pop:


Assim como Elvis não foi o intérprete A, David Gilmour também não foi o B (existem pelo menos seis covers produzidas antes desta - mas vocês pegaram o espírito da coisa - caso o nobre leitor possua algum tipo de TOC nesse sentido, é só trocar A por X e B por Y ;).

A versão do melodymaker floydiano veio ao mundo no ano de 2001, em um concerto tributo à dupla de compositores Leiber-Stoller.

O que me chama a atenção nesta versão foi a forma sutil com a qual o guitarrista manteve o núcleo da melodia mas introduziu "elementos gilmournianos". Sai aquela vibe extrovertida com o romantismo pueril e levemente lascivo do "rei do rock", e entra uma "neblina" melancólica que dá um tom introspectivo à canção.


Alexandre

3 comentários:

  1. Esta cover de Don't feita pelo Gilmour é realmente irreparável!
    Vcs já ouviram a versão feita pelo Seu Jorge desta cover?

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!