Trash Covers - Lana Del Rey - Heart-Shaped Box

Nos sites dedicados a música e à cultura pop, virou notícia: "Heart-Shaped Box é sobre minha vagina". A declaração, é claro, saiu da boca de Courtney Love. A viúva de Kurt Cobain, líder do Nirvana morto em 1994, disparou a frase após tomar conhecimento de uma cover de Heart-Shaped Box feita pela queridinha dos hipsters Lana Del Rey. A história completa, que teria começado pelo Twitter, você pode conferir no site da Spin.

O caso é que a canção lançada no último álbum em estúdio do Nirvana, In Utero, de 1993, foi escrita por Cobain com uma ajudinha de Courtney - segundo ela mesma. Desfilou em boas posições nas paradas de sucesso, mas nada que se comparasse aos singles de Nevermind (1991). O mais marcante mesmo nem é a música em si, mas o ótimo videoclipe dirigido pelo holandês Anton Corbjin. Curiosidade: o talentoso fotógrafo e diretor assina também vários vídeos do Echo & the Bunnymen e Depeche Mode, além dos filmes Control (2007) e Um Homem Misterioso (2010). 


E agora, a cantora que fez o mundo saber (ou melhor, ter certeza) que a tal caixa com formato de coração é o órgão sexual de Courtney Love. A norte-americana Elizabeth Woolridge Grant nasceu em 1986 e passou anos tentando emplacar na carreira musical. Percebendo que a imagem poderia vender mais do que a própria voz e suas músicas, adotou um pseudônimo completamente diferente e investiu num visual que evoca uma femme fatale entediada dos anos 1960 - daquelas saídas dos filmes de Jean-Luc Godard: roupas e acessórios retrô, cabelos tingidos e muito botox/colágeno nos lábios. Inexpressiva, faz a alegria dos "antis" toda vez que rola algum vídeo de apresentação ao vivo, sendo o mais famoso de sua performance no Saturday Night Live.

Mas a moça, que já vendeu milhares de álbuns em plena era do download (afinal, ela mesma se lançou pela internet), resolveu subir ao palco em Sydney, na Austrália, e apresentar uma cover de Heart-Shaped Box. De onde tirou essa escolha, é impossível dizer, bem como descobrir se os gritos do público são de horror ou se todos são surdos mesmo a ponto de gostar daquilo. Mas uma coisa podemos ter certeza: ficou tão ruim quanto qualquer uma de suas músicas. Ah, reparem na performance de cantora de baile sensualizando desengonçadamente.


Anômima

5 comentários:

  1. Talvez fosse mais proveitoso e menos frustrante para os fãs, se escrevesse sobre bandas que você gosta. Só porque não te apraz não significa que seja ruim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gui. Esta seção foi justamente criada para os colaboradores falarem do que não gostam e consideram "trash". Com certeza, a minha opinião não significa que a cover ou Lana Del Rey sejam ruins para todo mundo - são apenas ruins para mim. Ah, indico este link para mostrar que não sou a única a pensar assim: http://pigeonsandplanes.com/2013/04/30-cover-songs-that-are-better-than-the-original-2/s/lana-del-rey-heart-shaped-box/

      Excluir
  2. Nossa... também não achei bom...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também achei que contribuiu contra a qualidade da gravação!

      Excluir
  3. eu gostei pra caramba e na boa as musicas dela são ótimas

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!