Cover Records - Blue & Lonesome - The Rolling Stones [2016]

Dia 2 de dezembro de 2016 marcou oficialmente o ínicio da escalada dos Rollings Stones ao topo das paradas musicais do mundo inteiro. Depois de praticamente 12 anos sem entrar num estúdio oficialmente para gravar um disco, a lendária banda inglesa voltou para gravar um disco que faz homenagens aos seus ídolos dos blues. E no dia último dia 9, o topo da lista de vendas na Grã-Bretanha voltou a ter a veterana banda britânica após chegar a marca de 106 mil cópias vendidas do álbum Blue & Lonesome, tornando-se o segundo mais vendido em 2016, perdendo apenas para Blackstar, de David Bowie.

Blue & Lonesome é o vigésimo quinto disco de estúdio dos Stones e traz regravações canções de Little Walter, Eddie Tylor, Howlin' Wolf, Magic Sam, Jimmy Reed e Willie Dixon. O grupo gravou o álbum nos estúdios British Grove, perto dos bares da região oeste de Londres, onde começou a tocar nos anos 1960. Coincidentemente, neste mesmo estúdio e na mesma época, Eric Clapton estava gravando seu útimo trabalho, I Still Do. E com isto, duas faixas de Blue & Lonesome, Everybody Knows About My Good Thing e I Can't Quit You Baby, receberam os riffs geniais de Clapton.


Este é o tracklist de Blue & Lonesome:
01. "Just Your Fool" (originalmente composto e gravado 1960 por Little Walter)
02. "Commit a Crime" (originalmente composto e gravado em 1966 por Howlem’ Wolf e Chester Burnett)
03. "Blue and Lonesome" (originalmente composto e gravado em 1959 por Little Walter)
04. "All of Your Love" (originalmente composto e gravado em 1967 por Magic Sam e Samuel Maghett)
05. "I Gotta Go" (originalmente composto e gravado em 1955 por Little Walter)
06. "Everybody Knows About My Good Themg" (originalmente gravado 1971 por Little Johnny Taylor)
07. "Ride ‘Em On Down" (originalmente composto e gravado em 1955 por Eddie Taylor)
08. "Hate To See You Go" (originalmente composto e gravado em 1955 por Little Walter)
09. "Hoo Doo Blues" (originalmente gravado em 1958 por Lightnem’ Slim)
10. "Little Rain" (originalmente gravado em 1957 por Jimmy Reed)
11. "Just Like I Treat You" (originalmente composto por Willie Dixon e gravado por Howlem’ Wolf em 1961)
12. "I Can’t Quit You Bapor" (originalmente composto por Willie Dixon e gravado por Otis Rush em 1956)


Se existisse o termo "blues de raíz", este ótimo trabalho dos Rolling Stones seria uma de suas melhores acepções. Este é um disco que homenageia grandes artistas deste estilo. E assim como qualquer homenagem, este disco é muito respeitoso para com os seus homenageados. Ou seja, não há firulas, reinvenções mirabolantes ou coisa que o valha.

Destaco a ótima All Of Your Love que possui uma levada ao piano irresistível e Ride 'Em On Down traz uma batida mais marcada e rápida e os riffs de Keith Richards um pouco mais pesados que os riffs originais de Eddie Taylor.

Se você é um apaixonado pelo blues ou pelos Stones ou pelos dois você vai amar. E você que não gosta de um ou de outro, pelo saiba que este trabalho traz um Stones revigorado, pronto mais 20 anos de sucesso.

Persiolino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!!!