0451 - 16 Toneladas (Sixteen Tons) - Noriel Vilela [1971]

Quem gosta do grupo Funk Como Le Gusta já deve ter balançado muito o esqueleto ouvindo os seguintes versos: “Por isso vem, vem / Embale na nossa / Este balanço tira qualquer um da fossa / Ele é um barato e é da pesada / Esse é o famoso 16 Toneladas”. A big band paulistana que mistura samba e jazz com ritmos latinos e, obviamente, com swing e o groove “James Brownístico” do funk gravou esta música lá nos idos de 2000, quando lançou seu primeiro álbum intitulado Roda de Funk.

Mas vale ressaltar um detalhe que quase não nos atentamos. Para quem tem disco em CD ou vinil já deve ter percebido que a faixa 16 Toneladas tem escrito ao lado Sixteen Tons entre parênteses. Em geral, esses parênteses em faixas sempre indicam boas curiosidades e neste caso não é diferente. Logo descobrimos que este samba rock é em sua origem uma canção country folk chamada Sixteen Tons feita por Merle Travis em 1946, cuja composição discorre sobre a dura vida dos trabalhadores das minas de carvão norte-americanas.


Apesar de Merle Travis ser o compositor e o primeiro a lançar Sixteen Tons comercialmente, o sucesso só veio mesmo 9 anos depois com a cover gravada por Tennessee Ernie Ford em 1955. A versão de Ernie Ford ganhou um arranjo mais puxado para o jazz ficou em primeiro lugar nos EUA e Grã-Bretanha, atingindo a marca de mais de 2 milhões de cópias vendidas em dezembro daquele mesmo ano.


Depois da fama alcançada pela cover de Tennessee Ernie Ford, mais de uma centena de artistas a regravaram, entre eles podemos destacar a versão de Bo Diddley bem puxada para o blues, a versão de Stevie Wonder num estilo Motown e a gravação de 1987 de Johnny Cash, retornando à canção para sua origem country. Podemos destacar ainda a ótima versão com mais guitarras e pegada blues rock dos barbudos do ZZ Top:


Antagonicamente aos versos originais baseados no trabalho dureza nas minas, a adaptação para o idioma português feita por Roberto Correa Neves ganhou versos mais alegres e que nos remetem imediatamente ao balanço e diversão. O primeiro artista brasileiro a grava-la foi Noriel Vilela, cantor carioca que fez parte do grupo Cantores do Ébano. Sua gravação é de 1971, já em carreira solo, e foi lançada como compacto simples junto com a canção Todo Enrolado. A cover de 16 Toneladas recebeu arranjo para o samba e ficou facilmente marcada pelo estilo de interpretação de Noriel, graças ao seu timbre grave de voz.


Noriel faleceu em 1975, 4 anos após essa cover. Segundo consta no Dicionário Cravo Albin da Música Brasileira, 16 Toneladas foi o maior sucesso comercial de Noriel, e que com certeza só aumentou com a regravação do Funk Como Le Gusta, levando seu trabalho para outras gerações. Em 2014, a cervejaria holandesa Heineken com a agência Wieden+Kennedy lançaram uma campanha onde em um de seus filmes os protagonistas fazem verdadeiras peripécias a bordo de um navio ao som de Noriel Vilela...   


Enfim, agora podemos afirmar com convicção: “Esse é o famoso 16 Toneladas!”

Persiolino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!!!