0460 - Everything's Not Lost - Karen Souza [2014]

Um comentário
Coldplay talvez seja uma das bandas mais significativas do gênero "canção de auto-ajuda". Não que isso seja um demérito, afinal existem músicas para os mais diversos sentimentos e momentos pelos quais passamos na vida. Justamente em uma fase difícil, nada melhor do que um ombro amigo para confortar e uma canção positiva para ajudar a colocar  os pensamentos de volta nos trilhos.

Apresentada em Parachutes, primeiro álbum do Coldplay, Everything's Not Lost é a última faixa do disco lançado em 2000. Tranquila e com uma letra que quer tirar o ouvinte do limbo ("When you thought that it was over/ You could feel it all around/ Everybody's out to get you/ Don't you let it drag you down" ou, em tradução livre, "Quando você pensou que estava acabado/ Você pôde sentir tudo ao redor/ Todos querem pegá-lo/ Não deixe que eles te arrastem"), conta ainda com uma boa interpretação de Chris Martin, afinado até nas notas agudas.


A primeira vez que escutei a versão de Karen Souza para Everything's Not Lost foi em um charmoso café na Vila Mariana, no dia de meu aniversário. Imediatamente reconheci a canção do Coldplay, mas aquela bela voz feminina me era estranha. Ativei o Shazam em meu celular e descobri o nome dessa talentosa cantora argentina.

Influenciada por artistas como Nina Simone, Tom Jobim, Peggy Lee e Frank Sinatra, Karen prefere os ritmos do jazz e da bossa nova ao pop. E não é por menos: em 2011, aos 27 anos, foi considerada revelação do jazz mundial. Naquele mesmo ano, fez seu primeiro show no Brasil. Intérprete nata, já gravou músicas de Soft Cell, The Police, Radiohead, The Cure, Lou Reed e Elton John. Atualmente, realiza uma série de apresentações intimistas no México, levando um repertório que abusa do pop, mas com uma nova roupagem.

Um comentário :