0078 - Walk Away Renée - Badly Drawn Boy [2000]

One Hit Wonder é a expressão inglesa utilizada para designar uma banda ou artista que consegue um sucesso meteórico com uma única canção e, logo em seguida, desparece e cai no esquecimento do público. Infelizmente, para os artistas one hit wonders, seus hits acabam alcançando um grande sucesso através de outros artistas. É a tal síndrome “do papagaio que come o milho e o periquito que leva a fama”.

Dias atrás, meu amigo Varotto lembrou de um famoso exemplo que sofreu desta síndrome: a canção Louie Louie, gravada originalmente por Richard Berry & The Pharaos. Um outro famoso exemplo acometido pela mesma máxima é a música Walk Away Renée, gravada originalmente pela banda americana sessentista The Left Banke.

O Left Banke foi um dos pioneiros no estilo conhecido como rock barroco, onde elementos da música clássica eram almagamados com rock pueril e criativo dos anos 60. Lançada em 1966, Walk Away Renée possui, em minha opinião, uma das melodias mais bonitas já produzidas pelo rock até hoje. Escrita pelo tecladista do Left Banke, Michael Brown, com então 16 anos de idade apenas, a canção falava de Renée Fladen, namorada do baixista Tom Finn e de quem Michael ficou apaixonado a primeira vista.


Michel a compôs um mês após conhecer Renée. Sua musa o inspiraria ainda para outros dois sucessos do grupo: Pretty Ballerina e She May Call You Up Tonight.

Apesar do sucesso alcançado pelo Left Banke com Walk Away Renée, quem levou a fama com esta canção foi o Four Tops, famoso grupo de R&B da legendária gravadora Motown. A versão do quarteto vocal americano alcançou no ano de 1968 a décima quarta posição nas paradas dos EUA e o incrível terceiro lugar nas paradas inglesas - considerando que os Beatles e outros artistas como o Who e Floyd estavam a todo vapor.

Depois deste sucesso, muitos outros artistas re-gravaram Walk Away Renée, entre estes, o cantor folk inglês Billy Bragg, a cantora e pianista americana Tori Amos e o ator e cantor americano David Cassidy.

Mas a primeira vez que ouvi Walk Away Renée não foi nas vozes de nenhum destes artistas citados anteriormente. A versão que ouvi e que mais aprecio até hoje foi apresentada pelo Badly Drawn Boy, Damon Gough no programa da BBC Later With Jools Holland - que aqui no Brasil costumava passar no canal de TV a cabo People&Arts.

Esta adaptação de Gough mais voltada ao power pop, acompanhada ao piano de Jools Holland faz uma justa homenagem ao quase esquecido Left Banke.

Persiolino

3 comentários:

  1. SENSACIONAL!!! Valeu de verdade, adorei!

    ResponderExcluir
  2. Muito bonito!

    Nunca tinha ouvido falar.

    E olha que eu sou rato de discoteca...;o)

    ResponderExcluir
  3. Ótimo cover esse do Badly Drawn Boy, hein?

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!